Sobre

Segundo Paul Krugman, A produtividade não é tudo, mas no longo prazo é quase tudo. A capacidade de um país para melhorar seu padrão de vida ao longo do tempo depende quase inteiramente da sua capacidade de aumentar a sua produção por trabalhador.”.

 001-Intro

O que é produtividade?

Produtividade significa a relação entre os meios, recursos utilizados e a produção final. Ela é o resultado da capacidade de produzir, de gerar um produto que é fruto de trabalho, ligado ao capital empregado e às técnicas.

Basicamente é o resultado do que é produtivo, ou seja, do que se produz, do que é rentável.

 

Para que a Produtividade?

Para a indústria, a produtividade está ligada ao quão a produção é eficiente. Ela é considerada uma importante fonte de crescimento econômico e da competitividade, e como tal, é a informação estatística básica para muitas comparações internacionais e as avaliações de desempenho do país.

O crescimento da produtividade constitui um elemento importante para a modelagem da capacidade produtiva das economias. Ele permite também aos analistas determinar o uso da capacidade, o que permite avaliar a posição das economias no ciclo de negócios e de prever o crescimento econômico.

 

Produtividade no Brasil

Diversas vezes escutamos dos responsáveis pela política econômica do país declaram que é necessário proteger a indústria brasileira da concorrência com outros países, para preservar o mercado para a indústria brasileira. Com isso, aparecem várias medidas de isenção fiscal. Mas será que estas medidas são boas para a sociedade como um todo no longo prazo?

A partir daí surgem diversos questionamentos, apresentados a seguir:

1)    As isenções fiscais aplicadas a produtos nacionais fazem algum sentido?

2)    Como é que os produtos de outros países chegam ao Brasil com preços baixos?

3)    Será que há salvação para a indústria brasileira?

Anualmente, percebemos a queda da participação da indústria no Brasil, e ela merece que seja analisada mais detalhadamente. É necessário que haja clareza na questão de que o objetivo da política econômica não deve ser de apenas preservar o mercado interno para as empresas nacionais, e sim de elevar o bem estar da população brasileira no longo prazo.

A produtividade média do trabalhador brasileiro é bem abaixo da de diversos outros países. Assim como ela é considerada baixa, ela também cresceu pouco nos últimos anos. Nos países considerados emergentes, (BRICS, México, Indonésia e Turquia), a produtividade entre 2005 e 2010 cresceu em média 6,1% ao ano. Já no Brasil, o crescimento foi de 2,1% ao ano.

A indústria no Brasil precisa inovar em técnicas e métodos se quiser aumentar a produtividade e sobreviver no mercado.

 

Objetivos do Site

A meta do site Produtividade na Indústria (www.produtividadenaindustria.com.br) é auxiliar as empresas brasileiras a empregar técnicas, tanto operacionais quanto gerenciais, que podem ajudá-las a crescer de forma consistente. O site oferece conteúdos interessantes e opções de treinamentos.